Temer tem de recuperar a confiança do brasileiro

Temer tem de recuperar a confiança do brasileiro

Uma crise é um tempo de ajuste, de mudanças fortes, de quedas e crescimentos. O problema brasileiro é que não há ajuste, apenas queda. Ao invés de investir em novas direções e adaptar a economia a uma nova realidade, os empreendedores estão apenas se escondendo em suas cavernas, guardando seu dinheiro e esperando a tempestade passar.

Esta tempestade tem nome, sobrenome, um penteado caríssimo e uma propensão a falar de figuras ocultas, mas não basta que ela passe, o sol precisa sair.

Temer precisa fazer a luz chegar ao solo e trazer da hibernação os investidores do Brasil e do mundo que enxergam na Banânia um potencial mas tem medo das jararacas que monitoram cada palmeira.

Não ser Dilma já é de grande ajuda, mas precisaremos de mais: Não bastará apenas uma nova pintura e uma festa de inauguração. Serão exigidos sinais claros, políticas rápidas e reformas abrangentes.

E isso será exigido do PMDB.

Dicas? Compre ações de empresas que levam pessoas para fora do Brasil.

Texto de Rafael Hide, do Ideias Radicais.

 

 

Dica da segunda: O Complexo de Vira-latas

Dica da segunda: O Complexo de Vira-latas

Para refletirmos um pouco á respeito do pensamento brasileiro e da nossa individualização, vamos de Nelson Rodrigues? O clássico “O brasileiro não é um zero à esquerda.” Afinal, qual é o nosso problema?

O termo Complexo de Vira-Latas denomina um sentimento característico de determinadas classes da sociedade brasileira. Esse sentimento, marcado por derrotismo, pessimismo e má informação, está muito ligado à negação do que somos como brasileiros. O documentário O Complexo de Vira-Latas explica esse sentimento, discute o tema e faz um breve panorama social e político da realidade brasileira.

Site Justificando: “Crianças iam para a cadeia no Brasil até a década de 1920”

Site Justificando: “Crianças iam para a cadeia no Brasil até a década de 1920”

Sociologia, reflexão e ação

O site Justificando* publicou em 7 de julho de 2015 uma matéria que delineia toda a história do tratamento legal dado às crianças e adolescentes infratores desde o início do século XX. Leiam e assistam ao vídeo: “Crianças iam para a cadeia no Brasil até a década de 1920”.

Crianças iam para a cadeia até a década de 1920. Foto do site Justificando. Crianças iam para a cadeia até a década de 1920. Foto do site Justificando.

*Sobre o site Justificando

“O Justificando surgiu primordialmente da necessidade de se fomentar o debate jurídico acessível a todos. O portal, além de abordar toda temática circundante ao universo dos operadores do direito, se preocupa fundamentalmente em falar sobre assuntos relacionados ao poder, justiça e direitos humanos. Procuramos atender as demandas de informação nos quatro cantos do país e ainda demonstrar as tendências no Brasil e no mundo.

Buscamos manter aceso no cotidiano das publicações o espírito comprometido com o direito, principalmente no que tange…

Ver o post original 114 mais palavras

Para refletir: a educação no Brasil

Para refletir: a educação no Brasil

O documentário é de 2006, nós estamos em 2015. A pergunta que fica é: O que mudou?

Há pouco menos de um ano, o Jornal Nacional abordou a temática. Um dos entrevistados fez uma observação super pertinente: “O Brasil tem escolas do século 19, professores do século 20 e alunos do século 21”. Como conciliar essa realidade de diferentes cenários ?

Complemento – “Como as Escolas transformam crianças em adultos medíocres” 

Veja 10 exemplos de corrupção no cotidiano do brasileiro


O TRECO CERTO

Muito se fala atualmente sobre a corrupção no Brasil. Que nunca teve tanta corrupção, que nunca antes na história deste país se indiciou tantos corruptos e por aí afora. Que a corrupção é um problema crônico e que já nasceu na época da colonização portuguesa, isso parece ser verdade. Os colonizadores vieram ao Brasil para explorar as riquezas naturais, sem se preocuparem com os índios. Aliás, é provado que os primeiros a serem corrompidos nesse país foram exatamente os indígenas, pois os portugueses os subornavam para conseguir tesouros brasileiros, os escravizavam e os roubavam. Ou seja, historicamente, é fato – embora não exclusivo daqui, uma vez que os conquistadores sempre fizeram isso com os povos subjugados…

Mas dois pontos são importantes a considerar nessa discussão: o primeiro é que o Brasil não é o país mais corrupto do mundo.

Veja no quadro abaixo, preparado pela Transparência Internacional (TI), uma organização não-governamental que…

Ver o post original 916 mais palavras