Em 2002, braço direito de Blatter denunciou a corrupção na FIFA ao seu lado, ao vivo.

Em 2002, braço direito de Blatter denunciou a corrupção na FIFA ao seu lado, ao vivo.
Michel Zen-Ruffinen (direita) e presidente Sepp Blatter (esquerda) em tempos melhores (Reuters)
Michel Zen-Ruffinen (direita) e presidente Sepp Blatter (esquerda) em tempos melhores (Reuters)

Nas vésperas da eleição a presidência da FIFA, o secretário geral e braço direito de Blatter na época, Michel Zen-Ruffinen, delatou a corrupção existente na federação, mesmo sentado ao seu lado, ao vivo. A reação do presidente é impagável.

O fato visto hoje em dia se torna folclórico, tendo em vista os escândalos sendo cada vez mais desvendados.

Notícia da época, nos arquivos a Folha de SP, feita pelo jornalista Rodrigo Bueno, hoje na Fox Sports.

“Zen-Ruffinen apresentou documentos e fez denúncias graves contra Blatter. Entre outras coisas, compra de votos na eleição da Fifa, desvio de verbas e tomada de decisões importantes sem consulta ao Comitê Executivo da Fifa.
Com a vitória esmagadora de Blatter, 66, e sua reeleição antes da Copa, o clima para Zen-Ruffinen, 44, na entidade acabou.”

O vídeo demonstrando o fato ocorrido e hoje talvez, considerado histórico, pode ser visto abaixo (25:00) –

Anúncios

Deixe sua opinião abaixo e apareça no Blog ;)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s